Diocese Anglicana de Pelotas

Instituto Rev. Severo hospeda reunião conciliar

 

Sob o tema “Senhor, em tua Graça, fortalece a tua Igreja”, a Diocese Anglicana de Pelotas reuniu-se em Concílio no Instituto Rev. José Severo da Silva, no Passo dos Carros, Capão do Leão, nos dias 4 e 5 de  maio.  A atual casa da Convivência foi fundada em 1933 com o nome de Orfanato Evangélico. Durante vários anos abrigou meninas em situação de risco. Hoje aquele amplo espaço possibilita atividades para crianças, jovens e adultos.  Continua ainda a serviço da ação social e em defesa da vida. O local foi cuidadosamente preparado para receber os representantes da diocese, com um mutirão no dia 1º de maio. Participaram representantes das paróquias de Pelotas (Catedral do Redentor, Divino Semeador, São João Batista e Santíssima Trindade), paróquias de Santo André, Coxilha dos Campos e Epifania, Pedro Osório, e a missão São Francisco de Assis, Capão do Leão. Graças às doações de tintas e trabalho foi possível pintar o hall de  entrada do instituto, refeitório, cozinha, escada, sala de reuniões e várias portas. Tudo ficou muito bonito. Durante o concílio houve uma exposição de documentos e fotos, para assinalar os 80 anos da casa que hoje também recebe outras denominações religiosas que ali realizam seminários e retiros.

 

Palestra – A abertura do concílio aconteceu no dia 4 de maio (sábado), às 10h, com celebração da Santa Eucaristia na capela, quando o bispo diocesano fez a leitura de sua Carta Pastoral (Leia no site www.dapsul.com.br. As sessões foram realizadas na sala de reuniões que recebeu cerca de 60 pessoas. Uma palestra proferida pelo Prof. de filosofia e biblista Eliezer Oliveira, do CETEPEL (Centro de Estudos Teológicos de Pelotas) ajudou os conciliares a compreenderem melhor o tema do concílio, com inspiração bíblica em I Pedro 5.10. Destacou os dons espirituais, apresentando distinção entre dom e virtude. Lembrou também que o Espírito Santo age no fiel e na Igreja transformando-os profundamente. Citando Santo Agostinho, afirmou que o Espírito Santo é a alma da Igreja. “O Espírito Santo é a fonte da vitalidade da Igreja, nascida dele, mantida pela sua graça, da qual recebe seus dons”, assegurou. Mas garantiu:“Igreja alguma tem o controle remoto do Espírito Santo para fazê-lo funcionar no hora em que ela quiser. O Espírito é livre, sopra onde e quando quer.”

Decisões – Grupos de estudos refletiram sobre o tema do concílio orientados por questionamentos. Analisaram também diversos relatórios de secretarias e comissões diocesanas. O relatório episcopal (www.dapsul.com.br) deu pano para manga e as finanças e estatística inquietaram os conciliares que para entender melhor o que acontece com a diocese hoje aprovaram a realização de uma assembleia do povo de Deus com a participação preferencial dos delegados e demais representantes diocesanos.  A reunião acontecerá no dia 22 de Junho, na Paróquia da Santíssima Trindade. O concílio aprovou também proposta de reestruturação e otimização do Instituto Rev. José Severo da Silva, constituída pelo bispo diocesano, Loide Montezano e representação do Conselho Diocesano, Secretaria de Finanças, Secretariado do Cursilho e UMEAB. Decidiram ainda que ao Conselho Diocesana caberá a tarefa de avaliar e emitir parecer sobre os relatórios enviados ao Concílio. Homologou os delegados e suplentes ao Sínodo, eleitos no Concílio passado. A delegação diocesana está assim constituída: Revs. Edison Eulálio Mattos da Rosa, Ramacés Hartwig e Revda. Dilce Paiva de Oliveira; e os leigos, Noeli Blank Tessmann, Paulo Ricardo de Oliveira e Zamir Saraiva. Elegeu um terço do Conselho Diocesano: Rev. Eraldo da Silva Carvalho e Noeli Blank Tessmnann. O próximo concílio se dará no contexto das celebrações do jubileu de prata da Diocese Anglicana de Pelotas acontecerá novamente no Instituto Rev. Severo da Silva, nos dias 26 e 27 de abril, tendo a Catedral do Redentor como hospedeira. O almoço de domingo (12h45min) e a celebração de encerramento (15h30min) serão na Catedral pra oportunizar maior participação de representantes da Diocese.

O encerramento da 31ª reunião conciliar aconteceu também na capela do Instituto, com pregação feita pela Profª Loide Matos Montezano que apresentou um histórico da instituição que desde seu nascimento tem vínculos com o concílio, lembra Loide,  e conta sempre com o apoio da igreja toda e comunidade. Uma placa foi descerrada para assinalar os 80 anos do Instituto, seguido de um momento de confraternização com bolo e salgadinhos. Com certeza pode-se dizer agora que a Diocese a partir deste concílio conhece melhor o Instituto Rev. José Severo da Silva que na sua trajetória quase centenária é a primeira vez que hospeda uma reunião conciliar.

 

Fotos: Roberto Machado/Paróquia do Salvador-RG

Mais imagens do Concílio a disposição na galeria de fotos do  Espaço Multimídia do site.

Twitter Dapsul Youtube Dapsul

Diocese Anglicana de Pelotas

diocese@dapsul.com.br

53 3011.4323

Sinope Desenvolvimento Digital