logoieab

IGREJA EPISCOPAL ANGLICANA DO BRASIL

UMA VISÃO DO ENCONTRO BINACIONAL DE MULHERES

 


Nos dias 12 e 13 de novembro aconteceu em Rio Grande, na Paróquia do Salvador, o IV Encontro Binacional de Mulheres, incluindo representantes das Dioceses Sul Ocidental, Meridional, Anglicana de Pelotas e do Uruguai. Tudo foi pensado e coordenado pela Diretoria Diocesana da UMEAB da Diocese Anglicana de Pelotas, enquanto a atual Presidente, Noeli, esteve na Escócia representado dignamente nossa Diocese. A Presidente em exercício, companheira Odete, revelou-se uma versátil e eficiente coordenadora de plenária!

Foi uma experiência muito interessante, pois as dioceses brasileiras marcaram presença com um número muito expressivo de pessoas de todas as idades, sendo a maioria mulheres. Mas, tudo bem: o encontro era de mulheres! Desta vez, a Diocese do Uruguai esteve representada pela Missionária Ione Gomez e mais duas senhoras de Rivera. Essas importantes presenças justificaram o Binacional!

Há, sem dúvida, aspectos deste inesquecível encontro que merecem destaque!

As mulheres e o sustento da Igreja – Foi possível ouvir, mais de uma vez, nos testemunhos apresentados, durante o encontro: “As mulheres sustentam a Igreja.”. Realmente, elas são uma força na vida da Igreja pela forma de organização, pela capacidade de mobilização, pelo poder de reunir pessoas e de levantar recursos. Quem esteve lá, ouviu relatos curiosos e criativos daquilo que as mulheres fazem nas suas paróquias e, ainda, pode comprar rifas, pois havia várias, e adquirir belos trabalhos artesanais produzidos pelas UMEABs.

As cores da Igreja – As mulheres mais antigas da UMEAB, podem perceber o quanto de diversidade existe no trabalho da UMEAB, hoje, na Igreja. As mulheres não estão aí só para fazer chá, ainda que este seja o mais saboroso que se experimente. O compromisso das mulheres com as suas comunidades de fé vai, desde o sustento financeiro, até a alegria das celebrações litúrgicas, passando pela responsabilidade social e pelo cuidado com a formação cristã. Quem não se encantou com os matizes do Festival de Flores, a beleza do desfile da Trindade e o colorido das camisetas da UMEAB?

O compromisso com o Evangelho – Com muita responsabilidade, os grupos de mulheres da Igreja assumem ousados projetos sociais e se dedicam a buscar alívio para as dores do mundo, resgatando e transformando a vida dos mais desprovidos socialmente, providenciando alimento e roupa, oferecendo apoio e afeto. Por causa disso, muita gente adquiriu xarope, tônico, pomada e tintura, além de algumas pessoas receberem uma confortadora massagem!

A presença jovem – Foi muito animador identificar muitas jovens e meninas circulando e atuando, durante o encontro. Também, renova a nossa esperança, a presença do Instrumental Ciranda. Necessário é que se agradeça a Deus que nos contempla com o dom da renovação da igreja, enquanto os mais experientes ainda podem “carregar o piano”!

A força dos homens – Por mais pretensiosas que sejam as mulheres no seu poder, elas não deixam de reconhecer o quanto é importante e necessário que a Igreja seja muito inclusiva e equilibrada na gerência de seus dons. Na Diretoria Diocesana da UMEAB, isso é uma realidade visível. Lá, não falta o apoio, a solidariedade e a “força” de Dom Renato, Reverendo Eraldo, Antônio Luiz, Ernandes, Volnei, Gilmar e muitos outros homens de fé!

As pequenas comunidades – Foi uma alegria constatar o que pode acontecer em nossas pequenas comunidades de fé, quando as pessoas que dela fazem parte, sentem-se chamadas ao compromisso. Entre outras que, por certo, lá estavam, destaco a presença de Áurea da Missão da Cruz de Arroio Grande, e de Iara, Joana e Jussara da Missão São Francisco de Assis, Jardim América, Capão do Leão.

O pão nosso de cada dia – Na hora das refeições havia muita brincadeira e diversão! Nem todos conseguiram comer tudo o que desejavam. Houve longas filas e cardápios saborosos! No domingo, teve quem experimentasse quatro vezes a sobremesa!

Encerrando com chave de ouro! – Um dos momentos mais bonitos do Encontro foi a Celebração de Encerramento, pois tudo, ao que parece, foi preparado com muito carinho e cuidado. A nave estava lotada e o Santuário impecável. A procissão de entrada foi uma demonstração de beleza e ordem. Os momentos de adoração e de oração foram envolventes e a música cativou os presentes. A mensagem da Reverenda Ana Maria foi um testemunho de vida, pois com muita propriedade, ela situou a participação da mulher na Igreja e falou de sua experiência pessoal. A Santa Eucaristia, pela intensa participação, garantiu a certeza da sua centralidade na vida da Igreja. A música, durante toda a celebração foi algo muito marcante. Mas, pudera: havia quatro maestros com seus cantores e instrumentistas!

A gentileza da acolhida – Parabéns e gratidão à Diretoria Diocesana, ao Reverendo Eraldo, à Odete e às demais lideranças da Paróquia do Salvador pela calorosa acolhida que ofereceram ao IV Encontro Binacional de Mulheres.

O futuro da UMEAB – A Igreja que se prepare: vem aí o V Encontro Binacional de Mulheres que acontecerá dias 11 e 12 de novembro de 2012, na Diocese Meridional. Isso nos assegurou, com seu lindo sorriso, a Seminarista Elaine da Diocese Meridional, Presidente da UMEAB Diocesana.

Que Deus nos permita participar novamente de um encontro em clima de descontração e de alegria, onde as pessoas se saúdam com sorrisos, beijos e abraços, na Paz do Senhor!

Por Loide Matos Montezano.

Confira mais fotos do Encontro Binacional de Mulheres em Rio Grande:

https://picasaweb.google.com/117418990352916075530/EncontroBinacionalDeMulheresDias12E13DeNovembroParoquiaDoSalvadorRioGrande

Sinope Desenvolvimento Digital