logoieab

IGREJA EPISCOPAL ANGLICANA DO BRASIL

Reflexões: Os dons de Deus são para o povo de Deus

 

Dom Renato Raatz – Bispo da Diocese Anglicana de Pelotas

Estamos em tempo de preparação para a XXX Reunião do Concílio da Diocese Anglicana de Pelotas que acontecerá nos dias 5 e 6 de maio, na Paróquia do Divino Semeador, Rua Santa Clara, 480 (Bairro Santa Terezinha),Pelotas, com o lema “Os dons de Deus são para o Povo de Deus.”

O concílio é uma reunião anual do clero e representantes (delegados) das paróquias e missões com o propósito de prestar contas das atividades e compromisso com a missão em nível diocesano. Assim, o bispo apresenta sua Carta Pastoral onde procura apontar o rumo a seguir. Faz um relatório das principais atividades do ano. O mesmo acontece com a Secretaria de Finanças e demais secretarias diocesanas, tal qual as pastorais e comissões que foram nomeadas no concílio anterior. Trata-se de uma oportunidade de reflexão sobre a caminhada feita até aqui com todas as suas nuances,desafios, avanços e retrocessos. Oportuniza-se ainda a apresentação de projetos e programas que denotam ser a Igreja uma comunidade de fé e esperança que precisa se reinventar a cada momento que passa, na experiência dos anglicanos em missão.

Na reunião conciliar deste ano há algo novo, ou pelo menos diferente. Está previsto uma sessão especial para lembrar os 200 anos de Pelotas e os 120 anos da presença anglicana na cidade do doce, que tem passado, dificuldades no presente, mas sonha com um futuro melhor. Somos o povo de Deus com muitos dons para a construção do reino. Entre eles estão a acolhida, o serviço, a evangelização. Os dons de Deus são para o povo de Deus. Povo este que é desafiado a participar efetivamente da missão, com o propósito de semear alegria, distribuir a paz, construir a união, defender a justiça e a dignidade para todos, num mundo onde se fomenta o individualismo e revigora a exclusão. Numa realidade assim, o dons do amor, da generosidade, da solidariedade precisam fazer parte do testemunho de vida de quem se diz cristão. Caminhemos, pois unidos, colocando os dons que recebemos a serviço de uma Igreja solidária, para que todos tenham vida.

Sinope Desenvolvimento Digital