Diocese Anglicana de Pelotas

Reflexões: Os donos de tudo e todos

Rev. Edison E. Mattos da Rosa – Paróquias Santíssima Trindade e São João Batista

Todos nós sabemos o quanto é destruidor para uma pessoa viver oprimida e escravizada. Às vezes, a dominação é tão sutil que nem percebemos. Noutras situações ela é bastante agressiva. Precisamos ter a compreensão de que apropriar-se da vida das pessoas é algo injusto e desumano. Um exemplo de dominação muito comum em nossos dias é a propaganda. Ela procura criar nas pessoas necessidades de consumo que não vão  acrescentar nada de melhora na sua vida.

O profeta Isaias 43:16-21, nos relata como foi confortante para o povo de Israel sair da vida de escravidão que viviam na Babilônia. Foi como se o deserto se transformasse em um jardim. O Salmo 126 canta a alegria dessa liberdade dizendo: “era como se estivéssemos sonhado.

Na carta aos Felipenses São Paulo nos lembra que nossa meta é nos tornarmos semelhantes a Cristo, só assim, não procuraremos dominar, oprimir e ser donos das vidas de nossos semelhantes.

No Evangelho de São Lucas 20:9-19, Jesus conta a história dos vinhateiros homicidas para mandar um recado aos seus opositores, que eram os chefes dos sacerdotes, escribas, saduceus e fariseus, que sempre quiseram silenciá-lo. Mas silenciar Jesus não era uma coisa fácil, porque ele nunca se acovardou. A história dos vinhateiros, era uma alusão direta ao poder que matou aqueles que foram enviados para falar contra todos que aniquilam os indefesos e, também, contra aqueles que se solidarizam com eles, cobrando mais justiça para que e os direitos sejam um bem de todos. Em todos os lugares existem os “donos”, esses, por sua vez, não gostam de serem contestados na sua ânsia de posse ou dominação. Em muitos lugares aquilo que é tido como propriedade de alguns, pertence a todos, ou a uma comunidade. Os vinhateiros não eram donos, mas julgaram-se donos e eliminaram aqueles que foram dizer que eles não eram donos, e tinham que entregar a parte que  cabia ao verdadeiro dono.

Na verdade, a nossa vida, a comunidade de fé e o mundo são dons de Deus, devemos usar com responsabilidade porque um dia vamos devolver a Deus, que é o verdadeiro dono.

Twitter Dapsul Youtube Dapsul

Diocese Anglicana de Pelotas

diocese@dapsul.com.br

53 3011.4323

Sinope Desenvolvimento Digital